Wednesday, July 14, 2010

Noite cinzenta

Ah, noite cinzenta
De aura escura e cheiro triste
Que parece controlar o tempo
De forma que ele te acompanhe em sua melancolia
Trazendo consigo inspiração e lágrimas
Fazendo com que nossos corações fiquem mais brandos
E que a nossa mente consiga escutar a voz suave do coração

Às vezes o sentimento nos prega peças
Nos conduz a tomar decisões muitas vezes não muito racionais
Mas o que seria a vida sem as possibilidades de acertar ou errar?
O que seria do ego sem chance de escutar palavras bonitas?
O que seria de mim sem poder dizer o que sinto...?

1 comment:

Odisea cerebral said...

¿Qué sería de "blogger" si no existieran personas que piensan, sienten y escriben cosas tan interesantes como esa?

Buen post!